AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Inovação

A volta da Super8

Tradicional câmera volta a ser produzida

Foto: Divulgação

 

Kazuo Hira, atual presidente da Sony, declarou recentemente em entrevista ao jornal espanhol El País que o disco de vinil e o filme fotográfico ganharão uma segunda vida. E a afirmação do CEO de uma das maiores empresas de tecnologia do mundo acaba de ganhar uma forte aliada, com o anúncio feito pela Kodak durante a CES 2016 – as câmeras Super8 voltarão a ser produzidas.

A Super8 foi lançada em 1965. Na época, foi considerada uma espécie de evolução do filme de 8mm – mesma largura, porém com furos menores que permitiam células maiores e, com isso, maior qualidade na imagem. Foi um grande sucesso, responsável pela iniciação de vários grandes cineastas como Steven Spielberg e Chritopher Nolan no mundo das filmagens.

Agora, a versão que a Kodak irá colocar no mercado no segundo semestere deste ano alia recursos analógicos com digitais. Ela contará com portas USB, HDMI e P2, entrada para cartões SD para captura de áudio (o filme padrão da Super 8 é mudo) e um display de 3,5”. Além de recursos como controle de exposição e velocidade.

E para garantir uma experiência nostálgica e, ao mesmo tempo, contemporânea, a Kodak criou um verdadeiro ecossistema para a revelação dos filmes. Assim, quem comprar um rolo ganhará o direito a revelação, bem como o acesso ao filme em formato digital na nuvem. O filme revelado (e seu negativo) também será enviado para utilização em projetores.

Porém – sempre tem um porém -, todo esse sistema só estará disponível inicialmente para moradores dos Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido.