AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Negócios

Literatura clássica para a vida profissional

Personagens da ficção têm muito a ensinar sobre o mundo do trabalho

Lições preciosas para a vida profissional não são exclusividade dos livros de autoajuda. De acordo com uma pesquisa realizada pela The New School of Social Research, nos Estados Unidos, ler ficção de qualidade pode aguçar a capacidade de compreensão do leitor, e o que ele aprende com os personagens pode muito bem refletir na forma como ele encara a vida profissional e se relaciona com colegas, chefes e subordinados.

Aqui vai uma lista de clássicos da literatura de ficção que são ótimas pedidas.

Fotos: Divulgação

São Bernardo - Graciliano Ramos

Nesse denso romance brasileiro, Paulo Honório narra sua própria trajetória como homem pobre, porém, ambicioso, que se torna um grande fazendeiro no sertão de Alagoas. A história nos ajuda a refletir sobre as relações pessoais, principalmente a partir do embate entre o comportamento controlador de Paulo e a insubordinação de sua esposa, Madalena, que, pelo contrário, vive na esfera do “ser”, e não do “ter”. É uma obra que nos ajuda a pensar em trabalho, ambição e liderança.

Macbeth - Shakespeare

Na obra, escrita no início do século XVII, a principal reflexão é sobre os fantasmas que cercam a ambição. Macbeth é um general escocês obcecado pelo poder, que acredita em uma profecia de que ele será rei. Embora tenha uma mentalidade racional e calculista, o general se deixa atormentar pela possibilidade e decide que trair o rei é a forma mais fácil de conseguir o que almeja.

Cosmópolis - Don Delillo

Nesta ficção em formato de fábula, a maior parte da história acontece dentro da Limousine de Eric Michael Parker, um jovem com estilo de vida luxuoso que enriqueceu com ações na bolsa de valores. Atravessando Nova York para cortar o cabelo, Eric começa a se questionar sobre seus valores e escolhas. A lição é sobre o vazio existencial de quem trabalha apenas pelo dinheiro, se alienando do mundo real.

Engenhoso cavaleiro Dom Quixote de la Mancha - Miguel de Cervantes
 

Leitor voraz de romance de cavalarias, o fidalgo Dom Quixote acaba perdendo a noção da realidade e começa a cruzar o mundo como cavaleiro andante, combatendo perigos criados pela sua imaginação delirante na companhia de seu fiel escudeiro Sancho Pança. Este livro ensina que nem sempre as coisas são como a gente imagina, e que o sucesso depende muito de ter os pés bem firmes no chão.

Esperando Godot - Samuel Beckett

Vladmir e Estragon são dois vagabundos que marcam um encontro com um homem, Godot, que nunca aparece. Acomodados na espera, os dois passam a divagar sobre como a vida seria diferente caso o homem tivesse realmente chegado. Da história sobre a espera de uma solução milagrosa que nunca chega, a mensagem que fica é sobre a importância de se tomar atitudes, e como se enganar pode prejudicar a tomada de decisões.