AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Negócios

Dinheiro da China

Como o Alipay praticamente se tornou a moeda chinesa

Imagem: Alipay Xinhua - Reprodução

Lá na China, ao que tudo indica, já inventaram um substituto para o dinheiro. Ele atende pelo nome chinês de Zhifubao, mas nós ocidentais podemos chamá-lo de Alipay que ele atende também.

O Alipay é uma plataforma de pagamento via celular que nasceu em 2004 (sim, há mais de dez anos) para facilitar e garantir a segurança nas negociações B2C e C2C dentro da gigantesca Alibaba.

E sua simplicidade extrema foi a grande responsável pelos chineses adotarem-na massivamente, de forma que hoje é praticamente impossível encontrar um estabelecimento por lá que não aceite essa modalidade de pagamento – de supermercados a camelôs, de taxistas a restaurantes.

Pudera: para ter acesso a Alipay basta ter uma conta em um banco. Além de um celular. Porque aí só é preciso escanear o QR Code da loja, digitar a quantia e pronto. Acabou, é tetra!

O Alipay já representa cerca de 70% dos pagamentos móveis no país. E quem não está nada satisfeita é a Apple, que acabou de lançar por lá seu Apple Pay em parceria com a única operadora de cartões de crédito na China.