AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Sustentabilidade

Embalagem sustentável que dá em árvore

Designers criam solução completa a partir do “caule” da bananeira

Imagem: Poopits Toothpaste Pods/Kickstarter

Quem passou a infância em contato com a natureza deve se lembrar daquelas casquinhas que se soltavam do “tronco” das bananeiras (que cientificamente não podem ser chamados de troncos, já que, na verdade, são as folhas da planta). Naquela época, elas serviam para os mais divertidos propósitos. E, recentemente, uma dupla de designers colombianos inventou um jeito de usá-las para poupar o meio ambiente do acúmulo de resíduos.

A partir dessa fibra, Brayan Stiven Pabón Gómez e Rafael Ricardo Moreno Boada construíram todo um processo complexo que tem base na filosofia do cradle-to-cradle (do berço ao berço, em tradução livre). Isso significa que as embalagens produzidas através da planta evitam ao máximo a geração de novos resíduos, reutilizando tanto quanto possível da matéria prima original.

O resultado é uma embalagem resistente, capaz de carregar líquidos e substâncias em alta temperatura e com um visual bem agradável. Como a fibra de bananeira pode ser moldada, dá pra criar de tudo – basicamente, ela pode substituir o plástico e o papel, que levam muito mais tempo para serem degradados.