AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Cultura

Livro para quem não gosta de ler

Conheça as obras que nos fazem amar a literatura

Imagem:JanMaurin/CreativeCommons

Ler é tudo de bom. Afinal, que hábito diário faz com que, de uma só vez, aumentemos nosso vocabulário, nosso conhecimento, nossa memória e nosso pensamento crítico? Que amplia nossa concentração e diminui nosso stress? Sem contar no desenvolvimento de nossa imaginação...E mesmo com tantos benefícios, tem muita gente que simplesmente... não gosta de ler. O que faz com que a gente se pergunte: por quê, hein?

Nosso palpite é de que essas pessoas não leram os livros certos. Isto é, aqueles que nos abrem as portas do maravilhoso e riquíssimo e delicioso mundo da literatura.

Pensando isso, apresentamos sete sugestões de leituras para quem deseja adotar esse hábito em seu cotidiano. Confira.

O Pequeno Princípe

Lançado em 1943, o clássico de Antoine Saint-Exupéry continua emocionando crianças e adultos em todo o planeta com sua prosa enxuta, simples e profunda. Tanto que é um dos dez livros mais vendidos de todos os tempos.

Harry Potter e a Pedra Filosofal

O primeiro volume da série criada por J.K. Rowling apresentou o jovem (que não sabia que era) bruxo para o mundo e conquistou os corações e mentes de milhões de pessoas com seus mistérios e aventuras que nos fazem virar as páginas freneticamente em busca de respostas.

O Encontro Marcado

Fernando Sabino consagrou-se como um dos grandes escritores brasileiros com essa obra lançada em 1956. Baseada em sua própria vida, no romance acompanhamos o escritor Eduardo Marciano em sua constante busca pelo sentido da vida.

O Mundo de Sofia

Escrito há 25 anos pelo norueguês Jostein Gaarder, a obra conta a história de Sofia Amundsen, uma jovem que, ao completar 15 anos, começa a receber misteriosos bilhetes sem identificação do remetente. E isso, tal qual o Coelho de Alice no País das Maravilhas, faz com que a jovem entre numa aventura sem precedentes pela história da filosofia. 

A Pérola

Considerado uma fábula pelo seu autor, o norte-americano John Steinbeck, A Pérola conta a história de uma família humilde de pescadores que, um dia, encontra uma pérola gigante. E o que deveria ser motivo de alegria, acaba desencadeando uma série de eventos que nos mostra toda a complexidade da alma humana.

O Velho e o Mar

Ernest Hemingway deu início a uma nova forma de escrever, com suas frases curtíssimas, quando lançou, em 1952, a história de um velho pescador e sua luta em pleno alto-mar para capturar um gigantesco peixe-espada.

Crônica de uma Morte Anunciada

Qual a graça de um livro cujo fim já está no título? O meio. E que meio! Gabriel García Márquez mostrou toda sua versatilidade e capacidade de seduzir seus leitores com essa obra pequena no tamanho, mas gigantesca