AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Sustentabilidade

A bateria é a bactéria

Cientistas descobrem método que gera energia e limpa a água

Imagem: Reprodução

Imagine um método que, ao mesmo tempo em que faça o tratamento da água do esgoto, também gere a energia necessária para tal a partir... do próprio esgoto? Pois foi exatamente isso o que cientistas da Universidade de Gante, na Bélgica, descobriram. 

E tudo por causa de uma bactéria.

No esgoto encontram-se muitas substâncias orgânicas, que são nocivas ao meio ambiente, mas que contêm energia. Essas substâncias orgânicas são muito difíceis de serem capturadas diretamente, uma vez que seus níveis são baixíssimos.

Daí a solução encontrada foi deixar bactérias em jejum durante um tempo e, depois, colocá-las em contato direto com o esgoto para que elas engolissem a matéria orgânica sem ingeri-las complemetamente.

Os materiais não digeridos são então colhidos para a produção de energia, enquanto o resto das bactérias continuariam o processo de limpeza de água.

Os processos atuais de recuperação de material orgânico costumam variar entre 20 e 30% suas taxas de sucesso. Já esse novo método permite atingir impressionantes 55% re recuperação do material orgânico.

O método ainda encontra-se em fase de testes, mas já há o interesse em sua utilização por parte da indústria de tratamento da água. A DC Water, por exemplo, companhia responsável pelo tratamento de esgoto de Washington, nos Estados Unidos, está avaliando se a metodologia irá fazer com que suas instalações se tornam mais eficientes.