AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Cultura

O lado oculto da arte

Significados surpreendentes por trás de 3 famosas obras de arte

Imagem: Pixabay

Muitas obras de arte intrigam historiadores durante décadas por causa do mistério que as envolve. As mais icônicas pinturas costumam carregar significados e narrativas desconhecidas deixando os apreciadores da arte com o papel de meros especuladores. Fizemos uma lista com significados por trás de alguns quadros que irão lhe surpreender:

O Retrato dos Arnolfini 

Esse quadro do artista holandês Jan Van Eyck ainda levanta muitas questões sobre seu significado. Todos os elementos do trabalho, desde as reflexões distorcidas no espelho convexo até o ângulo que as mãos do casal se encontra, já foram analisados como pistas para a interpretação da obra. Algumas pessoas levantam as hipóteses de ser um retrato pré-nupcial ou a homenagem a uma esposa já falecida. As laranjas (sinal de luxo nos países baixos durante o século XV), estão lá para denotarem riqueza ou são algum tipo de simbologia que representa o pecado? E essas apenas algumas das questões levantadas!

Terraço do Café à Noite 

De acordo com teorias recentes, a obra mais conhecida de Van Gogh é sobre o quadro A Última Ceia. Por ser um artista que teve uma criação muito religiosa, ele cresceu sob influência imagética cristã. No Terraço do Café à Noite podemos observar que, assim como na obra de Da Vinci, há doze pessoas sentadas e uma figura com cabelos longos no centro.

La Primavera 

O quadro de Botticelli “La Primavera” é um de seus mais misteriosos. Composto por mulheres em um campo que se assemelha a imagens clássicas do paraíso, experts ainda discutem sobre a interpretação dessa obra. Uma teoria ganha destaque: a de que a pintura é uma ode à horticultura. Isso porque o artista dá muito detalhe às flores e plantas, que são mais  500 no total — alguns até  dizem que são todas as plantas que cresceram em Florença no século XV, de março a maio.