AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Inovação

Afinal, o que aconteceu?

Saiba como o ransomware WannaCry sequestrou milhares de computadores

Na semana passada, vários países foram atingidos por um ataque massivo que infectou milhares de computadores de grandes empresas e órgãos públicos, além de alguns usuários privados. Por meio de um ransomware (uma espécie de malware, isto é, um software maligno) chamado WannaCry, os dados dos computadores eram criptografados e liberados mediante o pagamento de 300 dólares em bitcoins – uma moeda digital não-rastreável.

O WannaCry foi bem sucedido pois aproveitou uma falha de segurança no protocolo de compartilhamento de arquivos do Windows – o SMB – que permitia a execução de código remoto. A Microsoft, desenvolvedora do ecossistema Windows, já havia corrigido esta falha em 14 de março, mas nem todos sistemas haviam sido devidamente atualizados.

E assim, grandes empresas como as espanholas Telefonica e Vodafone, o sistema de saúde britânico (NHS) e até o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, entre várias outras organizações em 150 países, relataram problemas neste sentido, que causaram uma série de contratempos, para dizer o mínimo, às suas atividades.

A estimativa é de que mais de 200 mil computadores foram afetados pelo vírus