AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Esportes

Bonito e inteligente

O que músculos e cérebro têm em comum

 
Foto: Divulgação


Quem não quer uma solução pra ficar sarado e melhorar as atividades do cérebro ao mesmo tempo? A fórmula perfeita ainda não existe, mas um instituto de pesquisa da Califórnia descobriu algo que pode ajudar.
 
A novidade é uma superproteína, a ERRy, que é responsável pelo alto rendimento tanto das atividades físicas quanto dos exercícios mentais. Os pesquisadores descobriram que, ao correr uma maratona ou ao tentar resolver uma solução matemática, nosso corpo usa a mesma proteína. É ela a responsável por controlar o fluxo de sangue pelos nossos órgãos, intensificando a atividade de alguns deles em determinados momentos.
 
Na prática, a proteína ERRy explica porque algumas pessoas conseguem correr 42 quilômetros, enquanto outras têm uma capacidade fora do normal de memorizar dados ou aprender coisas novas. Isso acontece porque ela atua diretamente na obtenção de energia onde é necessário.
 
Segundo Ronald Evans, diretor do laboratório responsável pela pesquisa, “coração e músculos precisam de uma quantidade de energia para fazer exercício, e neurônios precisam de uma quantidade de energia para formar novas memórias”.
 
Sua atuação nos músculos já era conhecida. A grande novidade está na descoberta de que nossas memórias também estão relacionadas ao processo metabólico, assim como nossa força e resistência física. É tudo uma questão de circuitos e processos do nosso organismo.