AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Esportes

Vilões do mau jeito

Verdades e mentiras sobre a dor na coluna

Foto: Divulgação


 
Independente da idade, dores na coluna podem acabar com os planos de qualquer um. Um mau jeito no pescoço ou aquela dorzinha na lombar atrapalham a concentração e impedem até a prática de exercícios. Mas isso não pode se tornar algo normal no seu dia a dia.
 
Para encontrar o principal vilão do seu mau jeito, conheça algumas dicas e alguns mitos sobre a dor na coluna.
 
Fazer exercício físico não dá dor nas costas
Se, depois de uma tarde na academia, você perceber uma dor surgindo, não pense que isso é normal. Provavelmente o incômodo vem de algum exercício feito de forma indevida, ou com excesso de carga. Se bem executado, o exercício tem o efeito contrário, ajudando a prevenir as dores na coluna.
 
Só dormir não faz a dor passar
Apesar do repouso ser uma etapa importante no tratamento da dor, ele sozinho não a cura. Se a causa do incômodo for postural, ficar deitado pode até aliviar momentaneamente, mas, com a volta do esforço, a dor também volta a aparecer.
 
Dores na coluna não são, necessariamente, um sinal de doença grave
Quase sempre a sua dor nas costas é consequência da má postura ou do esforço muscular. Se ela persistir, é bom ficar atento e fazer uma avaliação médica, mas, apesar do incômodo, na maior parte das vezes a dor não sinaliza nada grave.
 
Jovens também sentem dor na coluna
Alcançar uma idade mais avançada não é sinônimo de dor nas costas. Assim, como o sedentarismo, o envelhecimento também aumenta as chances de ela aparecer, mas não é determinante. Para se prevenir, é importante manter uma atividade física constante e ficar sempre atento à postura.