AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Esportes

Tênis tech

Inovações tecnológicas transformam experiência de fã no torneio de Wimbledon

Foto: Divulgação


Os realizadores do torneio de tênis de Wimbledon já utilizam inovações há anos tecnológicas a seu favor e dos fãs de tênis – a longa parceria a IBM é uma prova disso. No entanto, em 2015 Wimbledon resolveu dar alguns passos a mais em direção à tecnologia para tornar ainda melhor a experiência do apreciador do esporte.
 
Uma das inovações deste ano foi a reformulação do site do torneio com o suporte do software de inteligência artificial da IBM, o Watson. A mudança foi para a melhorar a experiência daqueles que não vão foram para Wimbledon, mas que querem acompanhar o torneio.
 
A IBM é parceira de Wimbledon há 25 anos e fornece informações detalhadas de todos os pontos a fãs e atletas. A empresa também monitora plataformas de mídia social para ajudar o All England Club (AELTC), o organizador do campeonato, a entender o que as pessoas estão falando durante as duas semanas de Wimbledon.
 
Só no campeonato do ano passado a IBM coletou cerca de 3,2 milhões de dados e todos os saques realizados por jogadores foram analisados pela primeira vez na história de Wimbledon.
 
Este ano, a IBM está transmitindo dados em tempo real com a ajuda do sistema Watson. Organizadores são notificados de qualquer recorde ou estatística curiosa detectada, e essas informações podem ser passadas para o público nas mídias sociais ou na televisão.
 
A IBM também reuniu dados de todos os campeonatos feito desde 1877 e o Watson foi treinado para dar respostas para fãs em mídia sociais sobre qualquer assunto relativo a Wimbledon desde sua estreia.
 
O AELTC também fez algumas mudanças em seus apps para mobile e canais de mídia social para oferecer uma experiência consistente em todos os dispositivos. O aplicativo para iPhone e Android tem um novo modo offline, enquanto o app para iPad foi atualizado com imagens de 360 graus feitas por um drone que voa sobre as quadras.
 
Os organizadores também se dedicaram a criar novas estratégias para as redes sociais. Wimbledon está intensamente ativo em plataformas como o Twitter, Facebook e Snapchat, uma vez que pesquisas feitas pela IBM descobriram que esses são os canais primários de muitos que acompanham o campeonato.