AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Perfil

Pessoas que fazem a diferença: Tim Berners-Lee

O inventor da web e o um quarto de século de sua criação


Em 12 de março de 1989, o físico inglês Tim Berners-Lee apresentou à Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN) um documento que mudaria o mundo radicalmente pouco tempo depois. 

Nesse documento, o pesquisador pedia o apoio da instituição para um projeto que visava facilitar o trabalho de acadêmicos de todo o mundo por meio do desenvolvimento de uma plataforma baseada no hipertexto.

Estava lançada a base para o que veio a se tornar a World Wide Web. Ou seja, a Internet tal qual a conhecemos.

Nascido em 1955, em Londres, Inglaterra, Tim Berners-Lee graduou-se em Física na década de 1970 e, já naquela época, trabalhou desenvolvendo softwares em diversas empresas de tecnologia, inclusive no maior acelerador de partículas do mundo – o CERN.

Lá, Tim Berners-Lee desenvolveu os primeiros servidor, browser e site, além do endereço URL, o protocolo HTTP e o código HTML – o suficiente para que o mundo começasse a navegar por um oceano de informação e conexões que não param de crescer e alterar a forma como lidamos com as pessoas e as coisas.

O resto é história viva.

Atualmente, Tim Berners-Lee se dedica a projetos que visam expandir a Internet, como o web semântica, que prevê uma integração maior entre pessoas, computadores e informações, e o Open Data Institute, que pretende uma utilização mais inteligente dos dados públicos disponíveis na rede para benefício de todos. Recentemente, manifestou publicamente - pela Internet, é claro - seu apoio ao Marco Civil da Internet, que aguarda aprovação pelo Senado brasileiro, até a publicação desta nota.

Professor do MIT, o cientista acumula os prêmios importantes da ciência, além da mais famosa condecoração do mundo: o título de Sir, a mais alta distinção de seu país natal, concedido pela própria rainha.

Mais que merecido. A história que Tim Berners-Lee começou a contar ainda está só no começo. E as possibilidades de desenvolvimento de seu enredo são infinitas. Afinal, nunca estivemos tão conectados e com tanto conhecimento disponível de maneira tão fácil.

Isso faz toda a diferença.