AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Sustentabilidade

Keep calm e feche a torneira

Manual de Etiqueta dá dicas de como viver bem com menos água, sem perder a calma

Foto: Divulgação


A estação seca chegou. E a falta de água continua sendo uma das principais preocupações dos grandes centros urbanos, e não parece que vai perder este posto tão cedo. E nem deveria. Cuidar da água é uma tarefa diária, independente da situação hídrica e da quantidade de chuva.
 
Para ajudar no combate ao desperdício e dar dicas sobre como aproveitar a água da chuva, por exemplo, a equipe do Planeta Sustentável publicou um manual de etiqueta, que mostra alguns dos aprendizados que podemos tirar desta crise e como ampliar a cooperação entre todos.
 
Com bom-humor e muitas ilustrações, o manual traz algumas dicas práticas para reduzir o consumo de água em casa e ajudar o planeta. Conheça algumas delas e aproveite para baixar o manual gratuitamente neste link
 
- Cobrir a piscina quando não está sendo usada reduz em 90% as perdas por evaporação.

- Um furo de 2 mm no encanamento pode desperdiçar até 96 mil litros de água por mês.

- Banhos de ducha gastam três vezes mais água do que em chuveiro comum.

- Evite coletar os primeiros litros de água que caem do telhado, pois eles podem vir acompanhados de sujeiras.

- Na hora de lavar suas roupas na máquina de lavar, substitua a água quente e a pré-lavagem pelo molho no sabão, com a máquina ainda desligada.

- Participe das reuniões de condomínio e levante a bola da economia de água. Tenha paciência com seu vizinho e esteja aberto para o diálogo. Pode ser que ele tenha uma sugestão interessante, ou que não conheça alguma dica que você já pratica.
 
O desafio não é só nosso

A falta de água pelo mundo
- São Francisco (EUA) oferece desconto na conta de água de quem provar que substitui eletrodomésticos por modelos mais eficientes.

- Em Tóquio, existe uma equipe especializada em percorrer a cidade com aparelhos de som que localizam vazamentos.

- A revitalização de um dos maiores rios da Coreia do Sul ajudou a reduzir a temperatura da capital, Seul, em 3,6°C.

- Em um vilarejo do nordeste da África, a neblina é captada por redes de nylon e transformada em gotículas de água, que são escoadas para um reservatório.