AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Esportes

Por que Serena Williams é Serena Williams?

IBM tenta descobrir as razões que levaram a tenista ao topo do mundo

Sem sombra de dúvidas, Serena Williams é uma das maiores tenistas de todos os tempos. Suas habilidades extraordinárias e seu espantoso condicionamento físico a levaram para o topo do ranking mundial. Mas isso basta para explicar o porquê de seu enorme sucesso?

Sabemos que não. E a IBM está empenhada em descobrir isso. Desde 1990, a gigante norte-americana oferece todo o suporte tecnológico para a United States Tennis Association. Durante muito tempo, isso consistia basicamente em fazer a manutenção do website da organização e na geração de placares.

Mas a tecnologia evoluiu e a parceria entre ambas, também. Hoje, a IBM coleta e cataloga milhões de dados de centenas de partidas. E analisando essas informações, consegue chegar a conclusões do tipo qual jogador tem mais chances de vencer determinada partida, além de revelar o porquê eles vão derrotar seus adversários.

No caso de Serena Williams, a IBM descobriu que a tenista norte-americana consegue realizar 65 aces em um torneio comum. E assim, ela consegue vencer 83% dos games em que o saque está sob sua responsabilidade. Por ponto, enquanto Williams corre cerca de sete metros, oponentes qualificadas como Garbiñe Zuriaga correm algo em torno de 11 metros.

O que se pretende, de fato, com todo esse trabalho não é descobrir o que faz Serena Williams a Serena Williams que todos conhecemos e admiramos. Mas, sim, descobrir quais tenistas se tornarão a próxima Serena Williams no futuro, em um trabalho preditivo que está apenas começando.

Lembrou de Minority Report? Pois bem: estamos quase chegando lá.