AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Negócios

Aprenda a delegar

Um pequeno guia para deixar colaboradores tomarem decisões

Foto: Divulgação

 

A maioria das pessoas não assalariadas caem na armadilha de não saber como delegar. Estão sempre muito ocupadas fazendo tudo sozinhas. Elas sabem que precisam de ajuda, mas, como elas estão sempre muito ocupadas, elas não têm tempo para encontrar e treinar alguém para fazer o trabalho. Geralmente, esse tipo de gente continua trabalhando muito duro até quebrar o seu negócio.

Mesmo se você trabalhar para uma grande empresa, você corre um risco similar, caso seja um desses tipos controladores. Quando você não dá autonomia para seus funcionários, você perde um grande tempo respondendo as dúvidas deles ou analisando pedidos de permissão para determinadas ações. Isso vai comprometer seu trabalho e o trabalho da equipe.

E vai te estafar.

Se você é assim, não se preocupe: há solução para o seu caso. De fato, treinar pessoas leva tempo. Mas ao invés de parar seu trabalho por um longo período para capacitar seus funcionários, você pode fazer como sugere em seu livro, Anything You Want: 40 Lessons for a New Kind of Entrepreneur (Qualquer Coisa que Você Quiser: 40 Lições para um Novo Tipo de Empresário), o empreendedor americano Derek Sivers.

Sivers sustenta que o empresário precisa ser desnecessário ao seu negócio para que ele opere com prosperidade. As pessoas envolvidas na operação do negócio precisam ter autonomia para tomarem decisões importantes do dia a dia.

Para isso, é importante que se estabeleça na empresa um ritual diário muito simples. Toda vez que uma dúvida ou um impasse em relação à operação do negócio surgir, reúna toda equipe. Com o grupo reunido, esclareça a questão ou impasse, explique a filosofia empresarial por trás do processo e certifique-se que todo mundo entendeu o raciocínio e o processo. Peça para alguém escreva isso num manual. Assim, a próxima vez que a mesma situação se repetir, seus funcionários não precisarão de você para tomar decisões.

Sivers conta em seu livro que, após dois meses fazendo esses rituais periodicamente, as dúvidas e impasses desapareceram. Como passou a ser desnecessário para a operação de seu negócio, o empreendedor passou a trabalhar mais em casa e ir menos vezes em seu escritório. 

“Como minha equipe estava tocando o negócio, eu tinha tempo livre para realmente melhorar o negócio! Eu ainda trabalhava 12 horas, mas agora eu estava usando todo o meu tempo em melhorias, otimizações e inovações”, conta Derek Sivers.

Após essa mudança, a empresa de Derek Sivers, a hoje famosa empresa de e-commerce CD Baby, cresceu em faturamento de US$ 1 milhão para US$20 milhões em quatro anos, e de oito para 85 funcionários.

“Há uma grande diferença entre ser autônomo e ser um empresário. O autônomo parece ter seu próprio tempo até perceber que, se você precisar tirar uma folga, sua empresa desmorona. Já um empresário de verdade faz o mesmo e, quando volta, sua empresa está melhor do que quando ele saiu”, diz Sivers.