AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Negócios

Workaholic ou worklover?

Descubra se você tem uma relação saudável com o seu trabalho

Foto: Divulgação

 

Você trabalha muito, se dedica ao máximo para obter bons resultados? Claro que o ideal é que a resposta seja sim, mas, mesmo que seja, pode ser que você não tenha uma relação tão saudável com o seu trabalho.  Manter as atividades profissionais em seu devido lugar, sem invadir o lado pessoal e acabar prejudicando as demais áreas de nossas vidas é sempre um desafio, principalmente em momentos de crise com cortes de gasto e pessoal nas empresas. É exatamente o equilíbrio entre trabalho e as outras esferas da sua vida que marca a linha tênue entre um workaholic e um worklover.

Listamos algumas pistas que podem te ajudar a descobrir se você está excedendo os limites. 

Características de um workaholic:

- O trabalho te deixa estressado, mas ficar longe dele te deixa ainda mais ansioso.
- Você se entrega às suas tarefas, sempre pensando na recompensa que pode vir. 
- Você usa seu trabalho para dar significado à sua vida. Sem ele, a vida parece ser vazia.
- Mesmo estando sobrecarregado, você não pede ajuda porque acha que os outros não sabem ou não são bons o suficiente para executar as tarefas.
- Você tem dificuldades para lidar com o fracasso.

Características de um worklover:

- Seu trabalho é meio de superação e fonte de satisfação.
- Consegue se desligar nos momentos certos.
- Enxerga qualquer situação – mesmo o fracasso – como oportunidade.
- A tensão da vida profissional não te afeta – ou afeta pouco – na vida pessoal.
- Tem uma vida social que vai além do trabalho.