AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Esportes

O que comer antes e depois de se exercitar?

Saiba como os nutrientes certos, na hora certa, podem trazer os melhores resultados

Quem pratica atividades físicas já deve ter se pegado olhando para a geladeira, sem saber o que comer antes de ir para a academia ou depois de uma corrida. Garantir uma boa fonte de energia é importante, mas e o medo de desperdiçar os benefícios do treino com uma alimentação errada? Afinal, é das refeições que vêm a energia para se exercitar e os nutrientes necessários para construir massa muscular.

Saiba como uma alimentação correta pode te ajudar fazer seu esforço valer a pena!

O que comer antes?

Neste momento, é importante evitar a hipoglicemia (baixo nível de açúcar no sangue) e a fadiga muscular, garantindo a energia necessária para completar o treino com disposição. Para isso, é importante ingerir carboidratos e beber muita água. Cerca de 1h antes de se exercitar, faça um pequeno lanche contendo alimentos como frutas, cereais e pães integrais – com cuidado para não exagerar na dose! 

O que NÃO comer antes?

Primeiramente, é melhor deixar refeições pesadas, como almoço e jantar, para depois do treino. Malhar desvia o fluxo sanguíneo do estômago, que precisa dele para digerir os alimentos. Outra ideia que não ajuda em nada é se entupir de porcaria: alimentos com alto índice glicêmico como batata, doces, sorvete e refrigerante são digeridos com muita facilidade pelo organismo, deixando o sangue carente de glicose (nossa fonte de energia) muito rápido.

O que comer depois?

Nessa fase, o importante é recuperar o que o organismo gastou durante a atividade – por isso, ingerir proteínas é essencial. São elas que constituem os músculos, que se desgastam com os exercícios. É importante que a refeição seja feita o quanto antes, para aproveitar melhor o momento em que o corpo reconstitui a massa muscular. 
Se a intenção for emagrecer, porém, não faz mal esperar cerca de 1h para fazer um lanche, deixando o metabolismo acelerado pelo treino queimar algumas gordurinhas extras. Carboidratos também são importantes para reestabelecer a energia gasta. Os lanches pós-treino devem conter, portanto, leite, ovos, queijo, frutas e cereais.