AeC

Relacionamento com Responsabildade

Notícias

Negócios

Os livros que os CEOs lêem e indicam

Confira as obras que fizeram a cabeça de grandes líderes contemporâneos

Fotos: Divulgação


 

Todo mundo tem um livro de cabeceira. Um livro que indica pros amigos e colegas mesmo que ninguém tenha pedido. Um livro que faz seus leitores mudarem suas ideias a respeito da vida, do mundo e dos negócios. O Portal AeC selecionou para você algumas sugestões de leituras dadas por grandes CEOs globais.

A Arte da Felicidade, de Dalai Lama

Jeff Weiner comanda o LinkedIn, a maior rede social com foco no universo corporativo do mundo. E foi lendo as palavras do Dalai Lama que o CEO encontrou o verdadeiro significado da compaixão.

O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger 

Presença constante em listas dos livros mais importantes do século XX por representar a literariamente o que se passa na cabeça de um jovem, o clássico de J. D. Salinger também figura entre as obras prediletas de ninguém menos que Bill Gates. 

Vestígios do Dia, de Kazuo Ishiguro

A obra-prima de Kazuo Ishiguro – levada ao cinema por Anthony Hopkins e Emma Thompson – é uma das favoritas do Jeff Bezos, pela sua habilidade em transmitir ensinamentos a respeito da vida e de arrependimentos.

O Fim do Poder, de Moisés Naím

Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, iniciou no começo de 2015 um programa de leituras, em que ele se comprometia a ler um livro a cada duas semanas. Uma análise do conceito de liderança nos últimos 100  anos, O Fim do Poder foi a obra escolhida para abrir os trabalhos.

O Mito do Carisma, de Olivia Fox Cabane

Essa indicação vem de Marissa Meyer, CEO do Yahoo. A obra disseca o carisma, definindo-o como uma qualidade inata de qualquer pessoa, e ensina a como utilizá-lo para obter melhores resultados em liderança de equipes.